Como investir em ouro

Cada vez mais as partes interessadas querem investir em ouro, muitas pessoas preferem o clássico e o tangível e as criptomoedas não Investirem ouro 2022representam algo seguro ou atraente para elas.

E, definitivamente, ouro é um investimento seguro, pode ser vendido facilmente, não desvaloriza, não é necessário pagar comissão e se precisar de dinheiro pode ser vendido com muita facilidade.

Porém, muitos são os especialistas no assunto de investimentos que recomendam não focar 100% neste precioso mineral, pois investimentos diversificados sempre serão melhores, pelo risco, se algo falhar, ter pelo menos algo seguro.

Glossário do conteúdo do artigo:

Escolha um corretor seguro e regulamentado e invista em Ouro em 2022

São muitas as vantagens de se investir em ouro, como, por exemplo, este é um ativo que sempre tende a subir, além de que pode ser economizado sem ser afetado, pode ser convertido em dinheiro rapidamente e, como não está listado na bolsa de valores, você pode vendê-lo a qualquer momento.

Não terá problemas com impostos, porque não tem IVA e, ao investir tudo na compra, recupera tudo o que contribuiu na venda.

Neste artigo, vou ensiná-lo a investir em ouro e as muitas alternativas que existem, continue lendo e descubra qual delas se adapta melhor aos seus interesses e necessidades.

Por que investir em ouro?

O ouro é considerado um investimento seguro ou sólido porque, ao contrário de moedas e títulos, tem uma oferta limitada. A oferta de ouro aumenta à medida que o ouro é extraído, mas esse processo é bastante lento, e é exatamente por isso que é a proteção ideal contra a inflação.

Se há algo que a história nos ensinou é que grandes crises financeiras podem afetar qualquer país, por exemplo, as crises nos Estados Unidos (1930), Alemanha (1930), Grécia (2010) e Venezuela (hoje).

As crises têm várias formas de se apresentar, uma é de forma inflacionária e a outra de forma deflacionária.

O ouro é um ativo que, na modalidade inflacionária, funciona muito bem como investimento e, no segundo caso, ainda não é tão claro, mas se olharmos ao longo do tempo, se comportou muito bem na crise deflacionária dos Estados Unidos Estados na década de 1930, onde seu preço e o das ações da mineração desse produto dispararam.

Se você já pensou em como investir suas economias, esta é uma ótima opção a ser considerada. Vamos mostrar quais são as razões pelas quais comprar ouro é um investimento ideal para qualquer poupador.

1. Ouro como um porto seguro

O ouro é por excelência um valor porto seguro, o que significa que é um hedge que protege contra a inflação.

É importante lembrar que toda vez que ocorre uma crise e os mercados entram em colapso, o valor do ouro aumenta, no entanto, existem certas condições que devem ser mantidas em mente:

  • Nem sempre que o mercado entrar em recessão o valor do ouro aumentará, de fato, já houve casos em que o valor do ouro também diminuiu, com a diferença de que a perda é muito menor que a de outros ativos.
  • Ao contrário do que se pensa, o ouro é muito volátil, é verdade que não paga juros nem dividendos, mas os seus benefícios só se obtêm através do seu preço.
  • É também importante referir a volatilidade dos ativos e das matérias-primas, visto que existem características muito específicas nestes casos: “A volatilidade dos ativos aumenta quando há uma queda e diminui quando os ativos sobem”, mas no caso do matérias-primas, acontece o contrário, «sua volatilidade aumenta nas subidas e o fazem de forma abrupta e diminui nas quedas, que costumam ser lentas«.

Este elemento é a melhor alternativa para protegê-lo caso seu país sofra um declínio econômico, como é o caso do Zimbábue ou recentemente a Venezuela.

Mas os países do primeiro mundo ou de economia estável não estão isentos de uma crise financeira, a mais recente foi a de 2008, onde a economia dos Estados Unidos e de vários países da União Europeia se contraiu consideravelmente.

Naquela época, muitos investidores começaram a comprar ouro e os preços desse metal precioso dispararam. O preço do ouro passou de US $ 869 em 2008 para US $ 1.895 em 2011.

2. Ouro como investimento direto

Na crise financeira passada, muitos investidores aproveitaram o aumento dramático do ouro. Além de o utilizarem como porto seguro, também o utilizaram como investimento direto e, dessa forma, beneficiam do aumento que teve.

Apesar do encaminhamento da economia global, 13 anos depois, os investidores ainda apostam no ouro, por se tratar de um metal valioso e finito, com diversos usos industriais. É possível que, com as novas restrições impostas à oferta de ouro, seu preço continue a subir no futuro.

São muitos os ricos, governos e empresários, que têm ouro em suas carteiras de investimento e é que, sem dúvida, apesar do passar dos anos, ainda são um investimento atraente e seguro. Se as instituições e pessoas mais poderosas do mundo continuam a investir em ouro, deve ser por um motivo.

Quando é o momento certo para investir em ouro?

David Medallo, gerente da joalheria Medallo, comenta que estamos no momento perfeito para investir em ouro, já que o ouro, como tem acontecido ao longo da vida, é o ativo mais valorizado pelos investidores, principalmente em tempos de recessão ou crise econômica.

No ano passado, muitos começaram a comprar ouro, devido a todas as incertezas geossanitárias relacionadas à crise da Covid 19.

O ouro protege contra qualquer problema econômico que possa ameaçar uma moeda ou todo o sistema financeiro, não sofre mudanças ao longo do tempo, mas, ao contrário, preserva seu valor, na verdade, é um mineral muito valioso desde o antigo Egito.

O melhor de tudo é que é uma moeda que serve de câmbio em qualquer país do mundo e está isenta de IVA.

Todas as carteiras de investimento devem incluir algum ativo que seja físico e, sem dúvida, o ouro é a melhor alternativa. Especialistas em economia dizem que o ideal é ter 25% do ouro total na carteira de investimentos, porém, se você não se sentir confiante com esse percentual, pode ter um valor que se encaixa melhor na sua estratégia de alocação.

É uma escolha infalível contra uma inflação alta ou repentina. Não ter ouro o deixa exposto a problemas que podem ter consequências graves.

Vantagens e desvantagens de investir em ouro

Vejamos algumas vantagens e aspectos não tão positivos de investir em ouro.

  1. O ouro é uma excelente alternativa para complementar sua carteira de investimentos, pois é um ativo que protege contra as ameaças de alta inflação e outros eventos adversos.
  2. É um ativo realmente valioso e tem um comportamento muito positivo face à inflação, uma vez que permite compensar as perdas em outros ativos da carteira, de forma a proporcionar rentabilidade real.
  3. É verdade que o ouro não permite a existência de dividendos, ou ações como com títulos, porém, investir em ouro ajuda a ter uma reavaliação em alguns mercados, o que proporciona uma oportunidade perfeita para obter lucros.
  4. Você não precisa ter muito papel ou requisitos quando se trata de investir ou vender ouro.
  5. Pode ser controlado fisicamente, não é um ativo promissor como no caso de ativos criptográficos.
  6. É fácil comprar e vender em qualquer parte do mundo.
  7. Você sempre pode saber a qualidade do ouro que está comprando.
  8. É um valor de refúgio.
  9. Para um investidor de varejo, é fácil armazenar e armazenar.
  10. Você não pagará nenhum imposto para manter o ouro em condições físicas.

Inconvenientes

Como acontece com todos os ativos, sempre existem alguns riscos, no caso do ouro ocorre o seguinte:

  1. O investimento físico de longo prazo em ouro pode ter baixa lucratividade.
  2. A posse de ouro não gera juros ou receita.
  3. Quando você tem uma certa quantidade de ouro, o armazenamento se torna complicado.

As muitas maneiras de investir em ouro

Existem várias maneiras de investir ou adquirir ouro, você pode usar de várias maneiras, dependendo da valorização e do objetivo ou motivo do seu investimento. É importante conhecê-los para poder escolher o que melhor se adapta às suas necessidades.

Se você está pensando em investir em ouro, deve rever as diversas alternativas que existem, pois cada produto de investimento possui perfis de risco, lucratividade, liquidez e comissão.

Você pode investir em ouro físico por meio dos mercados financeiros, mas vamos saber quais são as melhores opções:

Investimento em ouro físico

É a forma mais comum de investir em ouro, isso é comprar esse metal precioso e guardá-lo. É uma forma clara e segura de proteger o seu investimento, pois será um ativo que você sempre vê e pode sentir.

Se você está interessado em investir em ouro físico, estas são as melhores alternativas:

Invista em joias de ouro

A maneira mais fácil e simples de adquirir ouro físico é visitando uma joalheria; Porém, apesar de ser o mais simples, é o menos lucrativo, pois provavelmente a partir do momento em que você compra qualquer joia, ela estará perdendo sua lucratividade.

O ouro que se costuma comprar nas joalherias, em geral, é de 10 quilates, fala-se de ouro puro quando tem 24 quilates. As joias exclusivas ou muito caras mantêm o seu valor, mas porque são uma peça de colecionador, não porque são de ouro.

Se você estiver realmente interessado em investir em ouro, descarte essa opção.

Compra de lingotes, moedas e barras

Se você tem interesse em jogar pelo seguro, a melhor opção é comprar lingotes, moedas ou barras. As empresas mais conhecidas que vendem ouro na forma de lingotes em todo o mundo são Anglo Far-East Bullion e Perth Mint Australia.

Você deve saber que a compra de ouro físico também acarreta despesas adicionais, como os custos de envio, o armazenamento e, claro, a segurança. Você pode começar com moedas de ouro que exigem muito menos dinheiro ou com lingotes de ouro se quiser ter um investimento muito mais forte.

Caso não queira tê-lo em sua casa, existem algumas empresas especializadas na venda de metais preciosos que, em troca de uma mensalidade, se responsabilizam por oferecer um armazenamento seguro.

Quais são as melhores empresas para comprar barras de ouro na Espanha?

  • O SEMPSA JP.
  • Dinoro.
  • Degussa Espanha.
  • Oro Express.
  • CIODE.
  • Lingoro.com.
  • Joias de Andorra.
  • IGR Espanha.

Investimento por meio de mercados financeiros

Outra forma de investir em ouro é por meio dos mercados financeiros. Se esta opção lhe interessar, em vez de ter o ouro na forma física, você terá contratos nos quais está estabelecido que possui investimentos em instrumentos financeiros atrelados ao ouro.

Estas são as melhores opções para investir em ouro, utilizando os mercados financeiros:

Fundos de investimento ouro

Usando fundos de investimento em ouro, você terá a oportunidade de investir em ouro e se proteger contra a inflação. Você não terá ouro físico em nenhum momento, mas estará investindo neste metal precioso.

Os fundos de investimento de ouro mais usados ​​em 2020 foram:

  • Schroder ISF Global Gold.
  • Fundo Franklin Gold & Precious Metals.
  • Landolt Investment (LUX) SICAV – Gold.
  • Edmond de Rothschild Goldsphere.
  • DWS Invest Gold and Precious Metals Equities.

Compra de ações de mineradoras para investir em ouro

Outra opção bastante boa é comprar ações de empresas responsáveis ​​pela extração de ouro, como a americana Barrick Gold.

Ter ações em uma empresa destinada à extração de ouro automaticamente torna você proprietário da empresa, de acordo com o percentual de ações que você possui.

Em geral, o preço das ações desse tipo de empresa costuma estar atrelado às variações do preço do metal precioso.

É importante saber que o ouro é um metal precioso que se calcula por sua escassez, segundo estimativas do World Gold Council, estima-se que no mundo haja um total de 190.000 toneladas, então tente comprar pelo menos algumas gramas.

Escolha um corretor seguro e regulamentado e invista em Ouro em 2022

admin

Diretor e desenvolvedor de empreendimentos online. Especialista em aplicações financeiras como forex, ações, criptomoedas. Pesquisador de novos mercados disponíveis para pessoas com conhecimento financeiro.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.