O que são as velas japonesas e como utilizá-las

Velas Japonesas. Se você vai negociar com opções binárias é muito útil que você conheça sobre os diferentes métodos de análise.

A análise é um fator chave em qualquer investimento, pois através desta conseguiremos informações relevantes sobre – neste caso – o comportamento dos preços dos ativos subjacentes.

Glossário do conteúdo do artigo:

Isto nos ajudará a tomar decisões melhores de investimento e obter os melhores resultados nas operações que realizemos com opções binárias.

Dentro das diferentes tipos de análises temos a técnica e a fundamental, e dentro da técnica nos encontramos com o chartismo ou análise de gráficos.

Este tipo de análise é técnico porque se analisa o comportamento para prever tendências futuras dos ativos, e gráfico porque se faz uso dos gráficos, além de outras ferramentas como os indicadores, que também nos servirão de apoio durante a análise.

E falando em gráficos, também os podemos encontrar de diferentes tipos. Temos o gráfico de área que costuma ser o padrão, o gráfico de linhas, o de barras e por último, o gráfico de velas.

O gráfico de velas japonesas é o tipo de gráfico que vamos explicar hoje.

O que são as velas japonesas?

Como acabamos de dizer as velas japonesas são um tipo de gráfico, o qual neste caso utilizaremos para negociar com opções binárias. Este gráfico é muito eficiente na análise de tendências, e a seguir veremos como podemos aproveitá-lo ao máximo.

Mas antes, uma curiosidade sobre as velas japonesas. Trata-se de um sistema que se originou no Japão, e que historicamente se usava na economia e para o comércio de arroz.

Ainda que hoje em dia trate-se de uma ferramenta que, se usamos adequadamente, pode nos trazer muito mais.

As análises gráficas com velas japonesas nos ajudarão a estudar o comportamento dos preços e nos dará dicas sobre como devemos atuar.

Vale destacar que para ter êxito na análise gráfica com velas japonesas é necessário que você conheça as diferentes partes pelas que estão compostas estas velas ou Candlesticks.

Então vejamos, as velas japonesas se distinguem pelas seguintes partes: Pavios e Corpo.

Vamos ver com mais detalhes:

  • Pavios. Tratam-se dos pontos máximos e mínimos que o preço do ativo subjacente alcança. Pelo que os pavios das velas basicamente nos estarão mostrando esses limites de suporte e resistência nos preços.
  • Corpo. Depois temos o corpo das velas, o qual se divide em duas partes diferenciadas: a parte superior e a parte inferior. Estes pontos são os que estarão nos marcando os preços de abertura e encerramento.

Como funcionam as velas japonesas?

Nos gráficos as velas japonesas podem ser representadas em duas combinações de cores; por um lado temos as cores verde e vermelho, e por outro o branco e preto.

As cores verde e branco nos mostrarão a tendência de alta na análise, enquanto que as cores vermelho e preto se utilizarão para representar as tendências de baixa dos preços dos ativos subjacentes.

Portanto, é importante saber que direção representa cada cor das velas japonesas. Do contrário poderíamos errar em nossa análise gráfica.

Por outro lado, a forma das velas também nos estará representando a tendência, pois a silhueta das mesmas não será sempre da mesma intensidade. Dependendo da força que se está dando nos mercados a vela japonesa pode nos mostrar um corpo mais comprido ou mais curto, no caso de que a tendência seja mais fraca.

Na análises gráficas de velas japonesas poderemos determinar se a tendência é de alta ou baixa, simplesmente deveremos observar se o preço de encerramento se situa por cima ou por baixo do preço de abertura.

No caso de estar por cima sabemos que a tendência da vela japonesa é de alta, enquanto que se está por baixo então será uma vela de baixa.

Da mesma forma, deve-se destacar também que as velas japonesas podem adotar outras formas, então durante sua análise gráfica você também poderá encontrar a denominada “Perinola”, que nos anuncia momentos de indecisão nos mercados.

A forma na que vemos estas velas japonesas nos gráficos através de linhas finas, as quais teremos que interpretar como sinal de que a cotação está alcançando seu período final.

Dependendo das dimensões das linhas no gráfico poderemos detectar a força que têm os impulsos do mercado financeiro. Neste caso as linhas muito finas nos indicam impulsos fracos.

Por outro lado, se durante a análise apreciamos uma linha apenas isto será sinal de que está por acontecer uma alteração na direção da tendência, seja para a alta ou baixa.

Como utilizar as velas japonesas?

Para ter êxito no trading com opções binárias em geral e baseando-se nas análises gráficas com velas japonesas em particular, é importante que você conheça muito bem esta ferramenta e que utilize uma estratégia de trading que seja eficiente.

Para desfrutar da melhor estratégia de trading é importante que você use a análise de gráficos de velas, pois te ajudarão a estabelecer com muito mais certeza os pontos máximos e mínimos do preço dos ativos subjacentes no mercado.

Além disso, estas análises também te ajudarão a estabelecer ranges de preços que te servirão para controlar o comportamento dos preços durante um período de tempo determinado.

Evidentemente, isto será muito útil pois te proporcionará informação relevante sobre os preços e poderá saber com mais certeza quais serão os momentos mais oportunos para abrir as operações na plataforma de trading.

Para que servem os padrões?

Vale destacar que além de conhecer as partes e formas das velas japonesas em si, é interessante que você também aprenda a identificar padrões.

Os padrões são os que nos darão uma vantagem extra nas análises gráficas, pois nos proprocionarão ainda mais informações sobre como está a situação e o que devemos fazer para conseguir os benefícios.

Um padrão consiste em uma combinação de múltiplas linhas, habitualmente não costumam ser mais que cinco. Ainda que também podemos denominar com o termo padrão uma linha apenas.

Os padrões se utilizam para identificar um ponto de mudança ou inversão do mercado, ou também para detectar uma continuação na tendência do preço do ativo.

Assim, temos como padrões mais relevantes no estudo das velas japonesas os seguintes: padrões de investimento e padrões de continuidade.

O padrão de mudança ou investimento é uma combinação de velas que nos indica uma alteração na tendência.

Para a análise gráfica e o uso de padrões é importante que você saiba que quando um padrão, neste caso de investimento, tem implicações de alta haverá outro inversamente relacionado que tenha implicações de baixa.

E o mesmo ocorre com o padrão de continuidade, o qual tem implicações de alta e outro padrão oposto de baixa.

Em todo caso, para saber se a tendência vai continuar na mesma direção ou se vai acontecer uma mudança deveremos saber antes qual é a tendência.

Para isso será interessante usar outro tipo de ferramentas complementares à nossa estratégia, para poder melhorar as análises nos mercados.

Por exemplo sem ir muito longe as médias móveis funcionam muito bem com as velas japonesas, e é que uma vez que determinemos a tendência a curto prazo só teremos que nos ajudar dos padrões de velas para que nos ajudem a identificar se vai acontecer, ou não, uma mudança de tendência.

admin

Diretor e desenvolvedor de empreendimentos online. Especialista em aplicações financeiras como forex, ações, criptomoedas. Pesquisador de novos mercados disponíveis para pessoas com conhecimento financeiro.

2 comentarios en «O que são as velas japonesas e como utilizá-las»

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *